11 de ago de 2010

Spoils

Estou lendo os Cavalheiros do Zodíaco.



Há anos que tenho a série completa: meu vizinho, com o intuito de se livrar dos seus mangás (ele tinha "crescido" e não queria mais os mangás, apesar de ainda cultivar um amor por eles), vendeu a série completa do Dragon Ball por míseros R$80 e junto com eles nos deu os Cavalheiros do Zodíaco totalmente de grátis. Lembro que ele tinha muitos outros também. Se não me engano, tinha Ranma 1/2, Dr. Slump (acho que é esse o nome da série - desculpem a minha n00bisse D=) e, inclusive (sério, esse em especial eu queria ter comprado também), CardCaptor Sakura (que eu, como veio pra o Brasil, prefiro chamar de "Sakura CardCaptor"). Lembro que o único que ele disse que ía manter era o Samurai X.

Além dos mangás, ele também tinha a Ilíada, a Odisséia, o Senhor dos Anéis e uma versão em quadrinhos do Hobbit - que ele tinha comprado só pra conhecer a história anterior ao Senhor dos anéis de forma rápida, sem compromisso.

De qualquer forma, voltando ao CDZ, estou lendo. Nunca pensei que o mangá fosse tão emocionante. Tendo sido influenciado pela opinião de outrem, que diziam que o mangá não era a mesma coisa que o anime, nem dava muita importância, já que até a armadura dos chars era diferente. Agora, lendo o mangá efetivamente - sem a influência dos outros -, minha opinião é totalmente diferente. O mangá corre MUITO mais que o anime, e os cavalheiros simplesmente não param nunca, sempre lutando para defender Atena, que vive "se metendo nas mais incríveis confusões". Além disso, em todo o momento acontecem revelações bombásticas, como o fato (tá tá, todo mundo sabia, mas dá pra ver que quem não sabia acabaria ficando bem assustado) de o Mu de Jamire ser o Cavalheiro de Aries e o fato de que (outra coisa que todo mundo já sabia, mas, err, enfim, se eu não conhecesse, ficaria bem entusiasmado) Marin é a irmã do Seiya.

Mas tem uma coisa que me deixou totalmente desconformado com o mundo: todos os cavalheiros de bronze que participaram do torneio intergaláctico são irmãos, filhos do avô (de criação, é claro, porque ela nasceu em frente à estátua da Atena, no Santuário, pelo que deu pra entender) da Saori Kido, Mitsumasa Kido. O cara tinha 100 filhos - com as mais diversas mulheres - órfãos (o que me dá a impressão de que ele também tinha filhos não órfãos que não foram para o treinamento) e mandou todos pra muito provavelmente morrer (só 10 conseguiram voltar) em um treinamento pra uma armadura de bronze O.o

Coisas estranhas a parte, mangá tá sendo perfeito. Infelizmente, tem algumas sérias inconsistências com o desenho que assim que eu terminar o mangá pretendo verificar (quero ver se vejo o desenho pra comparar), mas, de qualquer forma, até agora, tudo o que me diziam sobre "aaa... tem um monte de inconsistências no CDZ porque o escritor frequentemente viajava e aí outros escreviam no lugar dele" não parece se aplicar: a única coisa extremamente estranha do mangá (e, acho, do desenho) pra mim é que, se a Marin é irmã do Seiya e o treinou, quem a treinou tão rápido (da partida do Seiya do Japão até a chegada dele no Santuário)?!?! Sério dilema O.o (mas até agora ainda não foi confirmado que ela realmente é quem dizem ser)



É isso... queria ter postado mais coisas até agora, mas, como sempre, esqueço. Espero que o leitor não deixe de vir aqui por isso u.u

R$

Nenhum comentário:

Postar um comentário