31 de out de 2010

Poemas no blog [4]

Essa semana "me ataquei" da rinite. Tenho rinite alérgica e de vez em quando começo a espirrar, "corizar" e todos os sintomas decorrentes do alérgico que vive em meio à poeira e à sujeira do apartamento em que mora (dos 4 que moram lá, 3 são alérgicos - e eu sou o que menos se importa com a sujeira do apartamento), principalmente da cama (demoro muito pra trocar os lençóis e só troco quando a minha vó me manda).

Estava bem ruim. Até tive que trazer de volta o rolo de papel higiênico pra perto do computador. Mas logo comecei a usar o remédio: furoato de fluticazona (vulgo Avamys). O médico sempre diz pra eu usar continuamente, mas eu só uso quando fico ruim. Faço assim porque o remédio é caro e porque eu sou vagabundo demais pra ficar me lembrar de usar o treco todos os dias (se bem que eu tomo outros dois remédios de 12h/12h e nem é tão difícil assim).

De qualquer forma, agora já estou muitíssimo melhor. Eu poderia dizer: estou totalmente bem; mas tenho medo de não estar tãããão bem assim (agora há pouco mesmo tive de assoar o nariz).


Quando fui falar que estava ruim da rinite para o pessoal do chat do msn do qual participo, me liguei que dava pra brincar com a "musicalidade" das expressões "atchim" e "atchum", uma seguida da outra (não sei explicar, mas vai ficar mais claro durante o poema). No que comecei a escrever (tinha escrito 5 linhas), me liguei que o poema lembrava MUITO (ao menos a mim) o poema Debussy do Manuel Bandeira (até fui procurar pelos poemas do Bandeira pra saber do nome certo - eu lembrava o poema, mas não, o nome [achei que essa vírgula ali ficou esquisita, mas sinceramente lembro de ter aprendido que quando a gente vai omitir o verbo tem que pôr uma vírgula pra "guardar o lugar" dele]).

Por isso, resolvi usar o "template" do poema dele pra me basear. Assim... aí vai =D

Rinite
(usando o template de Debussy, de Manuel Bandeira)

Atchim, atchum...
Atchim, atchum...
Estou atacado da rinite
Atchim, atchum...
Atchim, atchum...
Ainda bem que não é sinusite
(espirro sem parar...)
E que não posso mais ter amidalite
Passo a usar o remédio direito
Atchim, atchum...
Atchim, ...
O remédio fez efeito
John Gamboa - 31/11/2010

Espero que tenham gostado... sei lá

R$

Nenhum comentário:

Postar um comentário