29 de mar de 2011

Sobre programação e linguagens funcionais

(Para o leitor que está procurando leitura sobre Haskell: Learn you a Haskell for Great Good. Fikdik).

Estou aprendendo Haskell.


Haskell é uma linguagem funcional bastante eficiente e absurdamente bonita. Normalmente, em outro momento, por ser linguagem funcional, eu simplesmente ignoraria a sua existência, já que não creio que seja algo que eu deva usar com muita frequência na minha vida no futuro. Mas... err... não é outro momento.

Estou fazendo uma cadeira chamada Modelos de Linguagens de Programação onde sou obrigado a "me confrontar" com outros paradigmas de programação, como, por exemplo, o funcional. Além dele, pelo que vi, teremos o lógico e, obviamente, o imperativo. A cadeira é legal, e tem tudo para ser uma cadeira interessante, apesar de normalmente as aulas do professor não serem das mais divertidas (mas ele se esforça, e é o que conta =D). Mesmo assim, o assunto me chama muito a atenção, afinal, vim para a computação porque gostava dessa idéia mágica de fazer os computadores fazerem aquilo que quero que eles façam.

O que é divertido que é no fim da cadeira o professor pede que escrevamos dois programas equivalentes utilizando paradigmas diferentes. Ele disse que não sabia se seria assim nesse semestre, mas já defini as linguagens que vou usar (se for assim): Lua para o paradigma imperativo (infelizmente, acho que não poderei usar muito as belezas funcionais da linguagem) e Haskell para o paradigma funcional.

Enfim... o professor colocou no moodle um link para um tutorial que estou lendo sobre Haskell que achei significativamente bom: o Learn you a Haskell for Great Good. É ótimo, apesar de, às vezes, muito lento. Mesmo assim, estou satisfeitíssimo: acho que até o fim de semana já estarei mais ou menos dominando boa parte da linguagem =D

Enfim... é isso. Talvez eu tente falar alguma coisa sobre Haskell num futuro próximo =D

R$

Nenhum comentário:

Postar um comentário