20 de mar de 2011

Trote universitário CiC UFRGS, bebedeira, HPS

Estou abismado.

A cada hora recebo notícias e mais notícias de um assunto que gerou polêmica desde ontem denoite, quando mandaram para a lista da graduação do curso de Ciência da Computação (CiC) da UFRGS (onde estudo) um e-mail com o link de uma notícia da ZH dizendo que um aluno do nosso curso teria entrado em coma após um trote violento no Parque da Redenção, na capital.

Na hora, achei uma extrema bobagem, mas obviamente aquilo era só a ponta do iceberg. Criou-se uma flamewar (em termos: teve um cara que resolveu dizer que trote é algo que não deveria acontecer, e blá blá blá, dizendo que trote é fascista - Hitler? -, militarista, sádico e autoritário. Gente assim, obviamente, é troll nato, que não merece atenção, lamentavelmente) na lista da graduação, ao mesmo tempo em que se comentava a cada momento no Chat da Cic, na lista da Patota e ainda na comunidade da UFRGS. Até na lista da graduação da Astrofísica (da UFRGS) teve discussão sobre o assunto (um professor que não sabia de NADA lá resolveu mandar por e-mail a reportagem MENTIROSA da Zero Hora comentando coisas como "olha a barbaridade que esses estudantes fizeram"). Na Astrofísica, meu irmão mandou um e-mail com todos os comentários e desmentiu a história do professor.

Hoje, sábado, às 12h20 da noite (ou seja, já é domingo, pra quem aceita essa coisa de trocar de dia depois da meia-noite), as notícias ainda não terminaram, de certa forma: o cara voltou pra casa, desmentiu a história através do orkut (assumiu a responsabilidade, dizendo que bebeu sim de livre e espontânea vontade) - claro que houve trolls dizendo que o perfil dele era fake u.u -, e agora dizem alguns jornais que a família tá reclamando que os veteranos não prestaram socorro a ele rápido o suficiente e obrigaram a família a ir levá-lo pra o hospital, em vez de eles próprios fazê-lo.

Li um horror, tanto na comunidade da UFRGS, quanto na lista da graduação e no chat da CiC (e até no buzz) e concluí que o melhor lugar a se ler sobre o assunto, no fim das contas, é esse blog.

No fim, uma conclusão: sabem aquelas reportagens de jornal onde se fala um monte de coisas sobre as quais a gente fica assustado pensando que deve ter sido um negócio horrível (ou acha tri, no meu caso, porque a barbárie foi grande e divertidamente sádica)? Em geral, elas são só sensacionalismo barato da mídia T_T (talvez feliz, talvez infelizmente)

// O Correio do Povo chegou a dizer que ele foi obrigado a ingerir ÁLCOOL DE COZINHA!!!

R$

Nenhum comentário:

Postar um comentário