17 de fev de 2011

Meu começo em Flauta Transversal

Esse é o meu quarto dia desde que o Kim me passou a flauta transversal do Ian. Estou extremamente empolgado com isso, e já aprendi bastantes coisas desde segunda-feira, quando a trouxe para casa.

De lá pra cá, encontrei o seguinte video, onde aprendi como posicionar os dedos na flauta:


(tem que passar até acho que os 7min, ou algo próximo disso, porque ele vai ensinando mais ou menos como "começar" cada um dos instrumentos que ele tem em cima da mesa e passa por Sax e Trompete antes de chegar à flauta)

Mesmo com esse video, me incomodava o fato de eu simplesmente não saber se a minha embocadura estava certa e se eu estava segurando a flauta da maneira certa. Assim, após pouca procura, encontrei, no about.com, o site fluteland.com, onde achei esse video (não consegui encontrar como embed o video, então peguei o lugar onde baixar - está relativamente escondido no site D=). A mulher explica muito bem, e num inglês bem fácil de entender - ela tem um sotaque tri bom, no fim das contas -, como posicionar a flauta na boca e nas mãos.

Ao término disso tudo, revi o primeiro video, agora com um pouco mais de informações, e também assisti à lesson1 de flauta, do mesmo canal.

Para saber "que dedos fazem que notas", procurei por uma flute chart na internet, o que me fez, no fim das contas, encontrar essa aqui. Me pareceu bem boa, mas no fim das contas descobri que a "minha mais nova flauta" (não é minha efetivamente, mas deve ficar comigo por um tempo) tinha alguns probleminhas com a chave que faz o Fá. Fiquei relativamente frustrado, mas até o fim das férias não devo precisar tanto desse Fá natural aí: posso muito bem viver com Fá# por um longo tempo. E quero ver se até o fim das férias resolvo esse probleminha por minha própria conta =D

Por fim, procurei um método e encontrei o seguinte método, no 4shared: parte1 e parte2. Baixei só esse, no fim das contas. A grande utilidade dele foi que descobri que posso tapar até 1/4 do buraco onde se sopra com o meu "lower lip". Aquele vídeo do fluteland tinha me deixado na dúvida em se isso era aceitável, e agora com o método, pude matar a minha dúvida. Obviamente, ele também vai ser MEGA-útil pra quando eu quiser musiquinhas pra tocar na flauta, se bem que isso eu já tenho um monte u.u

Enfim... era isso. Eu sei que provavelmente não foi de muita utilidade esse post, mas o objetivo era falar sobre as minhas primeiras experiências e, quem sabe, ajudar novos flautistas a acharem alguma informação útil na internet sobre o assunto.

R$

Nenhum comentário:

Postar um comentário