7 de fev de 2011

Procrastinação

Apesar de achar o título uma palavra extremamente feia - que só fui conhecer no inglês e depois descobri que o pessoal também a usa no português -, entendo que ela realmente precisa receber o título de título dessa postagem.

Desde que as férias começaram, comecei a fazer várias coisas - e planejei várias outras que nem comecei ainda. Comecei a ler O Senhor dos Anéis (aliás, até agora não me arrependi nem um pouco), comecei a ler o tal do Guia Foca, comecei a aprender Lua (uma linguagem de programação brasileira, mantida pela UFRJ, muito usada em configuração de jogos, interpretada e extremamente eficiente - apesar de isso me ter parecido um paradoxo, no início -, além de sexy u.u) e, por último, comecei a ler alguns artigos/dissertações por causa do meu novo "trabalho" (entre aspas porque, como sempre, não gosto da etimologia da palavra: "tripalium", i.e. tortura).

--[[
Aliás, sobre o segundo e o terceiro item, gostaria de comentar algumas coisas.

Tenho lido o Guia Foca e achado muito bom. O Guia é extremamente didático, e se divide em 3 "dificuldades": iniciante, intermediário e avançado. Li inteiro o iniciante (porque não queria perder informação alguma - e, sério, o iniciante fala de algumas coisas que eu nem imaginava) e achei muito bom, apesar dos freqüentes erros. Aliás, esse é um sério problema do Guia: o cara escreve relativamente mal, na minha opinião. Mesmo assim, somente um erro que encontrei era erro sobre a explicação. Todos os outros eram erros de português. Frases siamesas, falta de preposições quando necessárias, vírgula no lugar de ponto, ponto no lugar de vírgula, etc.

Agora, tendo chegado no intermediário, ando parado (aliás... estou parado em tudo. Por isso o título do post n_n): tenho a impressão de que ele está repetindo tudo. Na verdade, acho que era essa a proposta. Provavelmente, no avançado, ele vá repetir muitas coisas do intermediário e adicionar outras, além de retirar aquelas que são mais "iniciantes". Só que, como li já o iniciante, resolvi que vou ler parte a parte.

O objetivo final de ler o Guia Foca é aprender a fuçar no linux para então saber como funciona o Xorg. Tenho tido alguns sérios problemas com os drivers da NVIDIA para minha placa de video para o ubuntu. Creio que aprender sobre o assunto, além de útil, me ajude a resolver o problema.

Sobre Lua, o livro que estou lendo é extremamente agradável. A leitura é fácil, a linguagem é absurdamente bonita (até agora não tive nada a reclamar dela) e estou parado no capítulo 8. Tenho muita vontade de começar a ler, quando me paro na frente do computador, me vem uma súbita preguiça e acabo nem começando. A linguagem é claramente imperativa, mas dá pra fazer umas "gambiarras" (na minha opinião inicial, ao menos) pra "emular" muito bem orientação a objetos. Além disso, ela também "aceita" o paradigma funcional. Como funções são "valores" na linguagem, dá pra inclusive passar elas por parâmetro pras chamadas de outras funções e coisas do tipo. Até agora, não tenho como reclamar: não me mostraram nada que eu ache incômodo na linguagem, sem falar que ela trata strings de uma forma extremamente eficiente e intuitiva (são "valores" também). O melhor de tudo, nela se escreve pouco (digo isso porque é a primeira linguagem "em que se escreve pouco" que eu pego até agora =D).
--]]

Voltando a o que eu estava dizendo, comecei muita coisa desde o início dessas férias. Estou feliz porque tem cara de que terei tempo para terminar todas aquelas que precisam ser terminadas antes do fim das aulas. Estou triste porque não consegui jogar nenhum joguinho. Não terminei Kingdom Hearts - estou parado há MUITO tempo D= -, não comecei Final Fantasy IV (DS), não fiz o joguinho que queria fazer em Lua usando a Löve (uma engine 2D com cara de muitíssimo bonita, como tudo o que vi de Lua até agora) com o Fialho e o Apus (na real, foram os únicos que demonstraram interesse em fazer o jogo, e por isso Lua é uma ótima escolha), não voltei a participar dos grupos musicais de que queria voltar a participar, não estudei alemão, não voltei à natação, e dormi bastante.

Apesar de tudo, tenho dois grandes trunfos para o término das férias: em primeiro lugar, estarei realmente descasado dessa vez. Diferentemente das outras férias, em que eu ficava frustrado porque estava sempre cheio de coisas pra fazer, dessa vez eu simplesmente joguei tudo pro alto e literalmente fiz somente aquilo que me agradava. Meio egoísta da minha parte, talvez, mas ao menos não estarei estressado ao começarem as aulas, minha mãe não me encherá o saco (na real, ela vai, de qualquer forma, porque sempre reclama que estou resmungando, apesar de ela ser a única pessoa a reclamar disso ¬¬ - beijo, mãe =D) com meu mau humor, e estarei totalmente disposto a acordar cedo pras aulas nos dias em que tiver de fazer isso. Em segundo lugar, estou significativamente satisfeito com a minha veia musical: apesar de ainda não ter voltado a nenhum grupo musical religioso do qual fazia parte (e até é bem possível que nem possa voltar, já que as aulas de LIBRAS serão bem no horário dos ensaios musicais da igreja), começarei a brincar de tocar flauta transversal (finalmente, "dei um jeito" de conseguir uma \o/). Além disso, arranjei alguém com quem tocar as maravilhosas músicas de video-game que eu tanto amo, em arranjos que nós mesmos faremos (ou talvez consigamos algum na internet, também, sei lá o>) para flauta e violão. O objetivo final mesmo é só se divertir, tocar por tocar, brincar, fazer barulho, ou música, como quiserem chamar u.u

Queria ver se conseguia a partitura da "La Historia del Tango", do Astor Piazzolla, pra tocar com o Kim (o amigo do violão). A música é pra flauta e violão, e eu sempre achei a música tri legal, apesar de bastante difícil D=. Abaixo ficam dois videos, dos movimentos 2 - Café 1930 e 3 - Nightclub 1960. Toquei esses dois movimentos num quarteto de clarinete que "formamos" no Festival de Música da UNISINOS, em novembro de 2006 (eu era um aluno, assim como mais umas 6 pessoas que lá estavam, e o professor - que era meu professor na OSPA também - me pôs pra tocar junto com ele e mais dois que lá estavam, ambos militares). Fica aí, pra que, quando eu quiser ouvir, eu possa =D





(ai ai... que preguiça T_T)

Era isso.........

R$

Nenhum comentário:

Postar um comentário